pauta 04.03.20 | REUNIÃO GRUPO DE SISTEMAS

  1. 1. Retrospectiva das Reuniões do Grupo de Sistemas e Proposta de Trabalho para 2020

Retrospectiva com a apresentação de principais projetos, iniciativas e discussões das Reuniões do Grupo de Sistemas Procomex e proposta de trabalho para 2020.

 

  1. 2. Projeto Mapeamento e Definição dos Atributos
  2. a. Apresentação do status do projeto;
  3. b. Informações e cronograma disponibilizados na página do Portal Único na internet; e
  4. c. Reunião de alinhamento com os órgãos anuentes.

 

  1. 3. INTEGRA COMEX

O Serpro apresentou algumas funcionalidades que pretende disponibilizar para minimizar a questão do acesso massivo.  

Neste primeiro produto, o INTEGRA COMEX, o SERPRO utilizou os sistemas Mercante e Siscomex Carga como pilotos e já se encontram disponíveis para testes. A proposta do produto vem se tornando atraente, o que gera expectativa do setor privado em relação aos próximos passos, principalmente quanto ao formato de cobrança e ao valor do produto, à data prevista de lançamento em produção e aos próximos módulos.

Fases previstas de implantação do INTEGRA COMEX

Fase 1: Mercante, Siscomex Carga, LI e DI

Fase 2: Portal, DU-E, LPCO, CCT 

Fase 3: Trânsito

 

  1. 4. APROXIMA COMEX

A partir de oportunidade identificada nas Reuniões do Grupo de Sistemas Procomex, nos dias 13 e 14/02/2020 foi realizado pelo Serpro, em parceria com o Procomex, o evento APROXIMA COMEX, com o objetivo de levantar oportunidades de melhorar a integração entre o setor privado e os entes governamentais nos sistemas do Comércio Exterior Brasileiro. O evento contou com a presença de representantes do setor privado, dos perfis importador/exportador/despachante, transportador, operador portuário e depositário, que puderam apresentar ao Serpro suas necessidades acerca dos processos de comércio exterior desenvolvidos pelo setor público. A partir dos resultados obtidos pelo Serpro, será possível ter uma melhor compreensão da atuação dos agentes privados no comércio exterior, que será analisada posteriormente para a identificação de oportunidades de melhoria nos processos atuais e de novos negócios. Ressalta-se que o feed back do setor privado em relação ao evento APROXIMA COMEX foi bastante positivo.

Foi elaborado pelo Serpro Resumo Executivo, contendo as necessidades levantadas durante o evento.

A seguir estão questões sugeridas para composição dessa pauta, que também foram mencionadas no evento APROXIMA COMEX:

Controle de Acesso – APIs para Consulta

Sugere-se a criação de um acesso de consulta às APIs não mais através de token ou A1 vinculados   

a um CPF, como é feito hoje. Tendo em vista que algumas empresas fazem control towers e precisariam apresentar dados provenientes de APIs em monitores ligados a computadores que ficam em determinado setor da empresa, sem um usuário responsável, a disponibilização de um token ligado a um CPF se torna inadequado. Sugere-se possibilitar o acesso por CNPJ para consulta das APIs, somente.

Cadastro de Intervenientes

Em relação ao Módulo Cadastro de Intervenientes, os seguintes pontos foram levantados:

  1. Há alguma previsão de criação de funcionalidade para carregamento massivo de informações?

Este questionamento se dá pelo fato de muitas comissárias trabalharem com “N” CNPJ(s) e cada CNPJ com “X” despachantes, cabendo ao responsável legal pelo CNPJ a habilitação INDIVIDUAL no Módulo. Sugere-se a possibilidade de haver o cadastro massivo, bem como a possibilidade de extração de relatórios (.CSV) com as informações de despachantes x CNPJ(s) habilitados.

  1. Ao vincular/incluir 1 novo CPF no Cadastro de Intervenientes, sugere-se possibilitar a informação das filiais de forma simplificada.

Hoje, ao preencher o CNPJ Matriz da empresa, o sistema já reconhece em sua base de dados e informa a Razão Social. Sugere-se a inclusão de um campo com uma lista suspensa contendo todos os CNPJ(s) de filiais ativos vinculados à Matriz, com um campo de seleção ao lado de cada um, e uma opção de marcar todos, OU já vir por default com todos marcados e ter a opção de retirar algum para atender as particularidades de cada empresa.

  1. Atualmente, quando a habilitação de uma empresa cai em virtude do fim da validade pré-determinada (6 meses sem movimentação), o sistema exclui os dados do sistema. Sugere-se que o sistema possa manter tais dados com status inativo por um período para que a empresa possa utilizá-los na renovação.

            Drawback Web

Sugere-se disponibilizar a extração de dados do Drawback Web via planilha (csv), tais como informações referentes às DIs, NFs de MI, Exportações vinculadas ao ato concessório, além das abas de totais importação, exportação, compras no mercado interno, saldo importações e saldo mercado interno.

Solicitação de Inúmeras Extrações e Relatórios

De maneira geral, a demanda por extrações de dados e relatórios poderia ser minimizada se o sistema e os recursos de consulta às principais informações forem disponibilizados através de um layout padronizado, no qual constariam todas as informações cabendo a cada empresa utilizar os dados relevantes para cada atividade.

 

  1. 5. Drawback Web
  2. Há a necessidade de haver o lançamento manual dos dados das notas fiscais de compra no mercado interno, nos atos concessórios suspensão integrado, por não haver uma forma de envio eletrônico das informações; e
  3. Os campos quantidade e valor possuem uma quantidade restrita de caracteres, sendo necessária a criação de mais de um item no AC para compor a quantidade e valor exportados.

 

  1. 6. SiscoServ

A equipe do projeto Portal Único planeja trabalhar em breve em uma integração entre o Portal Único e o Siscoserv (Módulo Frete Internacional)?

O questionamento é válido levando-se em consideração que a base da RAS (Registro de Aquisição do Serviço) é parte da atual DI (Valores, datas etc.).

 

  1. 7. SiscoImagem

Em relação ao SiscoImagem, sugere-se que o sistema permita a inclusão de mais de um arquivo COD (certificado de origem digital) por vez. Sugere-se que seja possível selecionar vários arquivos e incluí-los ao mesmo tempo no sistema. O acesso se dá pelo navegador IE (Internet Explorer), que por si só é lento e a inclusão individual dos arquivos demanda mais trabalho e, consequentemente, mais tempo.

Abaixo está a tela apresentada hoje:

 

  1. 8. Modulo Recinto – Revisão do ADE RFB/COANA nº 02/2003
  2. Timeline e atualização do status;
  3. Apresentar o trabalho feito com relação a quantidade de eventos enviados pelos terminais e dimensionamento de Infraestrutura Serpro para atender ao projeto; e
  4. Discutir próximos passos.